O que é economia?
Bancos
Livre Comércio
Livre Mercado
Globalização o que é
Industrias
Agricultura
Empregos
Empresa
Aposentados
Salários
Setor Imobiliários
Bolsas de valores
Jogos do Azar
Feriados
Propriedades comuns
Propriedades rurais
PIB (Produto Interno Bruto)
Tecnologia
Estradas e Rodovias
Aeroportos
Portos
Transportes
Comércio alimentícios
Licitação
SPC, SERASA, CADIN
Monopólio
Receita Federal
 
 
 


 

Setor Imobiliários

O déficit de moradia no Brasil ultrapassa aos (25) milhões e crescendo, com o (aquecimento global) este número poderá triplicar, medidas urgentes já deveriam ter sido (tomadas) a (35) anos, mas o custo da (infraestrutura) para migração em massa é alto demais para os cofres vazios.

Alugar uma casa ou salão comercial sempre foi uma tarefa quase (impossível), com imobiliárias e proprietários preocupados apenas em lucro, contratos, valores e exigências (absurdas) para alugar imóveis caindo aos (pedaços), obriga a força milhões de brasileiros a morarem com familiares, em favelas ou dividirem espaço com estranhos.

Milhões de imóveis fechados servindo de moradia para bandidagem que prolifera em (níveis) assustadores, ao invés das empresas diminuírem os preços que já são abusivos, desejam (aumentar), acreditando que usando de meios (cruéis), os imóveis se valorizam, ‘muito pelo contrário’, perdem seu valor, afinal, quem quer morar próximos a bandidos, mendigos e bêbados?

A (SFB) tem ciência da existência de imobiliárias sobrepujando as “leis”, obrigando inquilino a morar em prédios ou casas "despidas" em quase tudo, imóveis esses (inadequados) para serem alugados ou vendidos, mas o trabalhador não tem opções, ou assina o contrato ou mora na rua, não existe fiscalização ou (regras) definidas para proteger o consumidor.

O contrato "exime" os proprietários e imobiliárias em tudo e, para complicar o que já é um desespero, os (corruptos) políticos do (PT) inventaram a “lei do inquilinato” feita exclusivamente para desmoralizar por (completo) o (inquilino), aonde juízes (inescrupulosos) despejam famílias inteiras em até (15) dias favorecendo quem não precisa, sem sequer ouvir a parte tem a dizer, e pior, colocam o nome do (LocatárioCidadão que reside num imóvel que não lhe pertence, que foi alugado, mediante um contrato de locação; inquilino, arrendatário.) no site da (justiça) para o planeta inteiro (ver) que o cidadão está sendo (despejado) por falta de pagamento, mesmo pagando em dia e ou adiantado, imobiliárias desejam ficar livres de inquilinos antigos para alugar pelo dobro a novos inquilinos, e, como juízes são "induzidos" ao erro, quase sempre vencem, afinal, eles tem o poder publico, a forca policial, "credibilidade fabricada" e a (OAB) do seu lado.

A justiça ao usar o mecanismo da internet com processos (ONLINE), o cidadão com seu nome "sujo" em processo de despejo disponibilizado na (internet), tira totalmente a chance de alugar outro imóvel em qualquer parte do país, atualmente (100%) das imobiliárias verificam o nome do cidadão antes de aprovar contrato, é muito (pior) que o (SPC), (SERASA) e (CADIN) uma crueldade a (mais) para quem deseja um (cantinho) para abrigar sua família.

Mudanças no setor

Todos que pagam aluguéis serão automaticamente (proprietários), caso desejem comprar o imóvel.

Ao alugar um imóvel o inquilino terá abertura de financiamento (pré-aprovado) pelos bancos ou outras instituições financeiras, com juros a (1%) ao ano, sem necessidade de entrada, sendo que as parcelas (não) podem ultrapassar (10%) da renda familiar. OBS: Com a (SFB) você fica (isento) da entrada em dinheiro do imóvel que deseja adquirir.

O usuário só será inquilino se desejar, poderá optar por (comprar ou alugar) por tempo indeterminado.

Permanecendo no imóvel acima de cinco anos, terá direito a uma parte do valor integral que (pagou), caso abandone o imóvel nas mesmas condições que alugou.

Com a (SFB) a casa própria deixará de ser um sonho para (poucos), ninguém morará nas ruas, favelas, pontes ou morros, moradias dignas com infraestrutura ambiental responsável e alta tecnologia a disposição da população. Estas medidas simples e correta “forçará” o mercado imobiliário a (notar) que os valores aplicados são surreais, não se adequam com o fraco “poder” aquisitivo dos brasileiros.

Os (proprietários) continuarão tendo o poder de escolha, ou seja, (sempre alugar ou vender) não entrando nas novas regras de financiamento direto. A (SFB) respeitará a (lei) do (livre comercio) e do direito a propriedade, mas oferecendo saída (fácil) para quem queira deixar de pagar aluguel.

 


Imagem ilustrativa

O setor imobiliário continuará sendo beneficiado com o novo sistema de governo, o Brasil inteiro terá que ser reestruturado, com moradias ecologicamente adequadas e seguras para a sociedade brasileira.

As casas construídas para aluguel a classe media e pobre são feitas com materiais duvidosos, mão de obra desqualificada, pinturas feitas a base de tintas baratas, casas com umidade, trincas e rachaduras darão lugar a residências (seguras) feitas com materiais duráveis, onde o pesadelo de cair em armadilhas de (proprietários e imobiliárias) mal intencionadas, acabam.

O novo sistema de governo todos os imóveis precisam passar por (pericia técnica), um (laudo) técnico que apontará se a casa possui os requisitos necessários, assinado por engenheiros qualificados, sem este documento (imprescindível) na segurança do imóvel, as imobiliárias ou proprietários não poderão alugar ou serem financiados, mais de (99%) das casas alugadas para a classe pobre, praticamente (100%) delas possuem problemas gravíssimos de segurança.

Neste sistema (podre politico) os proprietários são obrigados a pagar o tal de (HABITE_SE) um papel inútil, caríssimo e não traz segurança ou qualquer beneficio a propriedade, criado (especificamente) para aumentar impostos e ajudar cartórios a ficar ainda mais ricos.

De seu apoio a (SFB), mentiras como l"eis" inúteis como estas: (o direito a moradiaO Direito à moradia adequada se tornou um direito humano universal, aceito e aplicável em todas as partes do mundo como um dos direitos fundamentais para a vida das pessoas, no ano de 1948, com a Declaração Universal dos Direitos Humanos.) "direito da criança", estas e outras "leis" não são respeitadas, mas cumpridas rigorosamente a (políticos) e servidores do alto escalão recebem fortunas para alugar mansões as nossas custa, (direitos humanos) só para 'eles e fora da lei'.



OBS: A INTENÇÃO DA (SFB) É TORNAR O BRASIL LIVRE, HUMANO E PROSPERO, PARA ISSO É NECESSÁRIO QUE VOCÊ DE SUA SUGESTÃO, CRITICA OU APENAS SEU APOIO NO (FALE CONOSCO). SE ACHAR ESTA MATÉRIA FORA DE SUA PERSPECTIVA, VOCÊ TAMBÉM PODE MELHORA-LA E AMPLIAR O ASSUNTO DE NOSSA PROPOSTA, É MUITO IMPORTANTE O (SEU E-MAIL) SE DESEJA TRANSFORMAR SEU SONHO EM REALIDADE.






 
 


 

Copyright © 1999. Todos os direitos reservado. Revisado em: 12 janeiro, 2018. Melhor visualizado em 1280x800 pixel